04
Dez 11

Filme baseado nos primeiros anos de vida da rainha Vitória de Inglaterra (1819-1901), rainha que fundou a Era Vitoriana no Reino Unido, desde Junho de 1837, ano da sua coroação, até Janeiro de 1901, data da sua morte. A Era Vitoriana foi precedida pela Era da Regência ou Período Georgiano e antecedeu o  Período Eduardiano. 

Dominada pela mãe e pelo seu intimidante consorte e tesoureiro, Sir John Conroy (Mark Strong) desde a infância, a jovem Vitória (Emily Blunt) recusa dar-lhes o poder de agirem como regentes nos últimos dias do seu tio, o rei William IV (Jim Broadbent), a quem vai suceder como  Rainha. Após a morte do marido, a mãe de Vitória une-se a Sir John Conroy e ambos colocam a criança sob o Sistema Kensington que mais do que a segurança da menina, tem como objectivo torná-la dependente deles e forçá-la a assinar um Acto de Regência. De acordo com esse Acto, Vitória apenas podia assumir o seu reinado aos 25 anos de idade; até lá as decisões seriam teoricamente tomadas pela sua mãe e automaticamente pelo seu amante. No entanto, Vitória sempre se recusou a assinar o Acto de Regência.  

A mãe de Vitória (uma princesa alemã também chamada Vitória, aqui interpretada por Miranda Richardson) é irmã do Rei Leopoldo da Bélgica e de Ernest, Duque de Saxe-Coburg and Gotha (título que equivale ao de Rei). Leopoldo planeou o casamento entre os dois sobrinhos desde cedo, como uma forma de fortalecer sua própria posição na Europa. No entanto, a manipulação da Jovem Vitória não se restringe aos arranjos matrimoniais do tio e dos primos alemães. Albert (Rupert Friend) foi escolhido porque era mais bonito do que o irmão mais velho e logo com maior possibilidade de conquistar Vitória pelo romantismo da então adolescente. O seu primo alemão Albert faz-lhe então a corte por motivos exclusivamente políticos mas, depois de terem trocado correspondência ao longo dos anos, descobrem-se, aos dezoito anos de idade, apaixonados um pelo outro, apesar da fiel dependência de Vitória a  Lord Melbourne (Paul Bettany), um elemento do governo que pretende também conquistá-la. 

Vitoria encontra em Albert vários pontos em comum como por exemplo o desejo de ajudar os súbditos mais carenciados. No entanto, a sua lealdade a Melbourne, quase provoca uma crise constitucional e é Albert quem ajuda a restaurar a sua autoconfiança perante o povo. Ela propõe então que se casem e Albert prova ser um cônjuge dedicado e um importante conselheiro político, substituindo Lord Melbourne como a figura dominante e influente na primeira metade da sua vida. elbourne acaba inclusivamente por vi. O casamento de Vitória com o Príncipe Consorte Albert foi marcado por um profundo afecto mútuo e ficou tão abalada com a morte dele (1861), vinte anos mais tarde, que usou luto durante o resto da vida e recusou-se a aparecerdurante anos. Na sua imagem mais evocada, ela surge com trajes negros, uma coroa pequena e o véu branco da vivez e o seu isolamento fez com que passasse a ser chamada de 'viúva de Windsor'. Com a sua morte, Eduardo, seu filho, ascendeu ao trono e deu início ao período Eduardiano. 

 

A Rainha Vitória foi a monarca que reinou mais tempo na Inglaterra, e a monarca mulher que reinou mais tempo no mundo inteiro. Durante o seu reinado, o Império Britânico expandiu-se ao ponto de se dizer que o Sol nunca se punha no seu território. Foi uma época de grande evolução nos direitos sociais e dos trabalhadores, de florescimento das artes e de um código de conduta moral que perdurou por gerações após a sua morte.

 

O filme tenta mostrar essa face da Rainha, os seus primeiros passos na política, as influências que moldaram a sua vida e que viriam, por sua vez, a moldar a política e o modo de vidas dos ingleses nos anos seguintes. Além, é claro, dos primeiros anos do seu casamento. Na literatura, durante o reinado de Vitoria, temos o surgimento dos romances das irmãs Bronte (Jane Eyre, Wuthering Heights,...), de George Eliot (Middlemarch, Daniel Deronda, The mill on the floss), Charles Dickens (Little Dorrit, Great Expectations, Oliver Twist, Contos de Natal, Bleak House,...), Óscar Wilde (O retrato e Dorian Grey,...), Lewis Carrol (Alice's Adventures in Wonderland), Robert Louis Stevenson (Dr Jekyl and Mr Hyde, Treasure Island), Sir Arthur Conan Doyle (As aventuras de Sherlock Holmes) e Thomas Hardy (Tess of the d'ubervilles, Far from Madding Crowd, Under the greenwood tree).

 

Foi ainda o período em que importantes situações da história britânica ocorreram. Em 1851, a Grande Exposição (considerada a primeira Feira Mundial), realizada no Hyde Park, apresentou as maiores inovações do século, incluindo o aparecimento da fotografia. No seu centro encontrava-se um enorme módulo de vidro e estrutura de ferro, mais tarde vista como o protótipo da arquitectura moderna. Recorde-se que este acontecimento é focado na obra North and South, quando Margareth retorna a Londres e encontra lá John Thornton. Foi ainda em 1888, que o assassínio em série conhecido como Jack, o Estripador, assassinou e mutilou várias prostitutas nas ruas de Londres, levando a uma histeria e a uma cobertura internacional da imprensa nunca vista. Este foi ainda um longo período de prosperidade e paz ( Pax Britannica) para o povo britânico, com os lucros adquiridos na expansão do  Império Britânico no estrangeiro, bem como o auge e consolidação da Revolução Industrial e o surgimento de novas invenções. Tudo isso permitiu que uma grande e educada classe média se desenvolvesse.

                              

É de estranhar portanto que um período tão rico em acontecimentos políticos, sociais e expansivos e ainda que uma vida tão rica e interessante como foi a da rainha Vitória, tenha dado lugar a um filme tão pobre em detalhes e tão pouco desenvolvido. É, no fundo, a história de amor de Vitória e Albert mas, mesmo essa, contada muito subtilmente e sem grandes emoções.

 

Quote:

Prince Albert depois de ter evitado que a sua rainha fosse alvejada e quando ela lhe pergunta porque se colocou entre ela e a bala:"I had two very good reasons. First, I am replaceable and you are not... Second, you're the only wife I've got or ever will have. You are my whole existence, and I will love you until my very last breath".

publicado por Sandra F. às 19:24
tags:

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Eu quero o livro, por favor
Olá! Amei seus comentários sobre as series, muitas...
Ola Sandra ...adorei seus comentários vi...revi......
Ol, Sandra. Poderias enviar o pdf do livro para m,...
Um filme de tirar o folego!! Gostaria muito de l...
O meu e mail éjulioli3092@gmail.com Obrigada outra...
Oi. Adorei a série e estou apaixonada pelos person...
Alguém tem em pdf?
Pode enviar-me o ebook?
OI pessoal. Tambem adorei a serie. Fui a uma livr...
RSS
mais sobre mim
pesquisar
 
Livros que morrerão comigo:
"Norte e Sul" de Elizabeth Gaskell
"O monte dos Vendavais" de Emily Bronte
"Jane Eyre" de Charlotte Bronte
"Villette" de Charlotte Bronte
"A inquilina de Wildfell Hall" de Anne Bronte
"Orgulho e Preconceito" de Jane Austen
"Persuasão" de Jane Austen
"A mulher do viajante no tempo" de Audrey Niffenegger
"Em nome da memória" de Ann Brashares
"Charlotte Gray" de Sebastian Faulks
"A casa do destino" de Susana Prieto e Lea Vélez
"De mãos dadas com a perfeição" de Sofia Bragança Buchholz
"Rebecca" de Daphne Du Maurier
"O cavaleiro de Bronze" de Paulina Simons
"Enquanto estiveres aí" de Marc Levy
"O segredo de Sophia" de Susanna Kearsley
Filmes Preferidos
'Jane Eyre' Cary Fukunaga (2011) com Mia Wasikowska e Michael Fassbender
'A mulher do viajante do tempo' Robert Schwentke (2009) com Eric Bana e Rachel McAdams
'A casa da Lagoa' Alejandro Agresti (2006) com Keannu Reeves e Sandra Bullock
'Orgulho e Preconceito' Joe Wright (2005) com Keira Knightley e Matthew Macfadyen
'The Holiday' Nancy Meyers (2006) com Cameron Diaz, Kate Winslet, Jude Law, Jack Black
'O diário da nossa paixão' Nick Cassavetes (2005) com Ryan Gosling e Rachel McAdams
'O fantasma da ópera' Joel Schumacher (2004) com Emmy Rossum e Gerard Butler
'O poder dos Sentidos' Tom Shadyac (2002) com Kevin Costner
'Doce Novembro' Pat O'Connor (2001) com Keannu Reeves e Charlize Theron
'O senhor dos Anéis' Peter Jackson (trilogia)
'Amar em Nova York' Joan Chen (2000) com Richard Gere e Winona Rider
'Notting Hill' Roger Michell (1999) com Hugh Grant e Julia Roberts
'A cidade dos Anjos' Brad Silberling (1999) com Nicholas Cage e Meg Ryan
'Monte dos Vendavais' Peter Kosminsky (1992) com Juliette Binoche e Ralph Fiennes
Este blog não adoPta o acordo ortográfico.
IMAGENS: As imagens contidas neste Blog foram todas retiradas da internet. Se alguma dessas imagens for de sua autoria, por favor entre em contato para que eu possa creditá-la ou mesmo retirá-la do meu blog.
VÍDEOS: Os vídeos são do domínio público e foram todos retirados da internet. Se algum estiver irregularmente publicado, solicito que entrem em contato para as devidas providências.
blogs SAPO