Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

booksmoviesanddreams

booksmoviesanddreams

Livros que morrerão comigo:

"Norte e Sul" de Elizabeth Gaskell
"O monte dos Vendavais" de Emily Bronte
"Jane Eyre" de Charlotte Bronte
"Villette" de Charlotte Bronte
"A inquilina de Wildfell Hall" de Anne Bronte
"Orgulho e Preconceito" de Jane Austen
"Persuasão" de Jane Austen
"A mulher do viajante no tempo" de Audrey Niffenegger
"Em nome da memória" de Ann Brashares
"Charlotte Gray" de Sebastian Faulks
"A casa do destino" de Susana Prieto e Lea Vélez
"De mãos dadas com a perfeição" de Sofia Bragança Buchholz
"Rebecca" de Daphne Du Maurier
"O cavaleiro de Bronze" de Paulina Simons
"Enquanto estiveres aí" de Marc Levy
"O segredo de Sophia" de Susanna Kearsley

Amor Maternal

Sandra F., 21.06.11
Há pessoas que vivem uma vida inteira sem conhecerem o verdadeiro amor...
Há contudo vários tipos de amor (como já devem ter compreendido nesta altura do vosso campeonato). E não querendo desvalorizar todos os outros, o amor de uma mãe por um filho é sem dúvida o mais imutável e forte.
São nossos; vêmde nós, do nosso sangue, das nossas entranhas. E há uma ligação que não se quebra nem quando o cordão umbilical é cortado. Uma ligação tão forte que sobrevive a possíveis decepções, a acontecimentos traumáticos, a tudo aquilo que a vida nos possa trazer, bom ou mau. Não há quebra no sentimento; ele não esmorece nunca. Pelo contrário, fortifica-se a cada dia que passa, a cada momento de ternura, a cada olhar de cumplicidade que só os dois decifram.


Ser mãe é das experiências mais enriquecedoras que a vida nos pode dar.
Frase feita? Banal?... Não. Frase verdadeira, correcta. Porque ver-te crescer, meu menino, é cada dia que passa, a experiência mais linda e surpreendente a que eu posso assistir. E, todos os dias me surpreendes apesar de, tal como todos, teres os teus momentos mais irrequietos; e de eu, tal como todas as mães, ter os meus momentos de indiferença e 'adultez'.

És o meu mundo...
O meu menino...
O meu anjo...
O meu príncipe...
O meu melhor amigo...
O meu 'estrupiciozinho'
... Não me faltes nunca...
(A mãezinha gosta muito de ti... Vai gostar sempre...)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.