Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

booksmoviesanddreams

booksmoviesanddreams

Livros que morrerão comigo:

"Norte e Sul" de Elizabeth Gaskell
"O monte dos Vendavais" de Emily Bronte
"Jane Eyre" de Charlotte Bronte
"Villette" de Charlotte Bronte
"A inquilina de Wildfell Hall" de Anne Bronte
"Orgulho e Preconceito" de Jane Austen
"Persuasão" de Jane Austen
"A mulher do viajante no tempo" de Audrey Niffenegger
"Em nome da memória" de Ann Brashares
"Charlotte Gray" de Sebastian Faulks
"A casa do destino" de Susana Prieto e Lea Vélez
"De mãos dadas com a perfeição" de Sofia Bragança Buchholz
"Rebecca" de Daphne Du Maurier
"O cavaleiro de Bronze" de Paulina Simons
"Enquanto estiveres aí" de Marc Levy
"O segredo de Sophia" de Susanna Kearsley

Centurion (2010)

Sandra F., 07.10.12

Lá que é um filme sangrento... é! Cabeças rolam, são decepadas pela metade, membros são cortados e estropiados... Enfim, é mesmo uma sangria sem fim. Mas aparte isso, e sem ser obviamente um grande filme, vê-se bem, mais não seja por ter alguns grandes actores britânicos.

 

Já sei. Vê-se ali o Fassbender. Ando numa de me actualizar com a filmografa dele. Mas se fosse por este filme unicamente, ele não me diria nada pois aqui dificilmente se faz jus ao homem que é ou ao seu belo sorriso.

 

Centurion é portanto uma produção britânica (no genérico de abertura diz que os seus fundos provêm da Lotaria Nacional... fico a perguntar-me se o realizador terá jogado e ganho) que nos traz a história de Quintus Dias, um alto soldado romano que é capturado pelo povo conhecido como Pictos (antigos habitantes da Escócia) na então terra chamada Britânia. Quintus consegue fugir e em breve junta-se à Nona Legião Romana comandada pelo General Virilus. Quando esta legião é emboscada pelos pictos e os seus três mil homens são brutalmente chacinados, resta um grupo de sete sobreviventes, entre os quais Quintus. O general é feito prisioneiro e o grupo decide que tem de o libertar. Esse objectivo acaba por não ser cumprido, mas algo acontece que leva a que o grupo de homens seja perseguido até à morte por uma rastreadora implacável que se encontra ao serviço de Gorlacon, o rei dos Pictos.

Fantasioso!!!

 

Claro que há direito a uma historiazinha de amor. E esta acontece, muito subtilmente entre Quintus Dias e Arianne, uma jovem que vive no meio da floresta e que se vai mantendo viva graças à sua fama de bruxa.

 

É giro. Talvez o Fassbender pudesse ter sido mais trabalhado porque o personagem é certamente interessante. Ou talvez não seja o tipo de papel apropriado para ele. Além disso, está sempre sujo e coberto de sangue, pobrezinho.